BIKINI

BIKINI
Hoje é para as meninas e para a rapaziada se quiser dar um belo presente de Verão. Bikini é um conjunto de duas peças como todos nós sabemos, de uma parte superior (tronco) e parte inferior. Até aqui todos sabemos do que estamos a falar.
O que por vezes nos esquecemos é que esta peça de roupa já trouxe muitas discussões no mundo e não falo apenas das discussões que temos ocasionalmente por estarmos a olhar para “tecido” do bikini alheio enquanto somos apanhados pela nossa companheira. Falamos sim de países que proíbem o seu uso, de desportos de Verão onde são discutidos o uso do mesmo para que atraiam mais patrocinadores, enfim… BIKINIS
Por isso não pode ser apenas uma peça de roupa.

Mas esta peça de roupa, que para muita gente representa um sinónimo de ser livre de um mundo dominado pelas leis dos homens é também uma peça de roupa ideal para o que mais gostamos de fazer (todos) ira à praia.
Existem vários bikinis das mais variadas formas, existem para todos os gostos, para todas as tonalidades e para todas as meninas que assim preferem bikini a fato de banho. A escolha é imensa.
A data da sua criação remota para os anos 40, pelos estilistas franceses, Jacques Heim e Louis Réard. No início, as mulheres não estavam preparadas para usar peças de vestuário tão reduzidas, que mostravam o umbigo. Os biquínis foram, portanto, proibidos em vários países, incluindo França. No entanto, atrizes como Ava Gardner, Ursula Andress e Brigitte Bardot foram contra todos os preconceitos da época e aderiram ao biquíni, como instrumento de sedução em filmes e em fotos.

Nos anos 1960, tornou-se um símbolo pop. No Rio de Janeiro, tornaram-se populares os famosos biquínis “fio dental”. Anos 1980
Lycra brilhante, o sutiã retorcido e sem nenhuma estrutura no bojo, com cores fortes, como verde-limão e rosa-pink, o fio dental e o asa-delta foram uma febre, assim como o sunquíni. Nos anos 1990, a moda do fato de banho foi reavivada (especialmente por causa dos efeitos nocivos provocados na pele pela exposição aos raios solares), mas não tirou o lugar ao biquíni.
Continuas achar que é apenas uma mera peça de roupa, em que as miúdas ficam mais atraentes e ideal para irem para a praia? Claro que não, é uma marca de identidade feminina, é uma afirmação e principalmente é a pela ideal para as meninas (sejam novas, com mais idade, mais fortes, menos fortes, com tom de pele mais escura, mais clara…) irem para a praia!
E podes encontrar os teus aqui na BACKDOOR

LONGA VIDA AO BIKINI

 

 

 

Partilhar este artigo

Utilizamos cookies para personalizar o conteúdo e anúncios que te apresentamos assim como para analisar o tráfego do nosso website. Também partilhamos a informação sobre como usas o nosso website com as nossas redes sociais e parceiros de análise para melhor te servir. View more
Aceitar
× Olá, como posso ajudar?